quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Whatever...: A revolução móvel

O primeiro telemóvel comercialmente disponível pesava 800gr em 1983 e é este aqui: Conseguem imaginar? E eu que achava que o meu Alcatel Easy amarelo já era um tijolão! Ora vejam:

É muito interessante ter acompanhado esta evolução na primeira pessoa. Os telemóveis foram sendo aperfeiçoados e ficando cada vez mais pequenos. Hoje em dia fazem uma série de coisas que eu não quero sequer saber, porque parei no tempo há 4 anos atrás. Quatro anos é a bonita idade do meu telemóvel. Na idade de telemóvel, é considerado um idoso, um centenário, um cota caquéctico. Mas, admirem-se, funciona na perfeição, e enquanto assim for, ele estará do meu lado...

O telemóvel passou a fazer mais coisas do que o simples telefonema, ele tira fotos, têm Internet, e acho que alguns aparelhos já tiram cafés, ouvi dizer... A par das redes sociais, o telemóvel passou a ser o inimigo número 1 dos contactos pessoais, físicos, em lugares reais. As pessoas limitam-se a reagir a bi-bi-p’s e a ti-ni-ni-nis, e qual máquinas, matraquilham o teclado com os dedos, como se ganhassem tempo ou vida com isso. Querem um conselho para o próximo fim de semana?

1 comentário:

  1. e como é que com isso tudo....ainda se chama apenas...telemóvel!!!

    ResponderEliminar